Publicado em: quinta-feira, 26/04/2012

Jornalista é morto a tiros no Maranhão

O jornalista Décio Sá foi morto a tiros durante a noite da última segunda-feira (23), enquanto estava dentro de um bar em São Luís, no Maranhão. De acordo com o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, a morte do jornalista certamente foi encomendada.

Ele foi atingido por cinco tiros disparados por um homem que estava em uma moto. Segundo informações da polícia, o assassino desceu do veículo, atravessou a pista e se dirigiu até o bar em que o jornalista estava, disparando os tiros contra ele. Enquanto isso, um outro homem ficou esperando o criminoso.

Para o perito Jucy Ericeira, o jornalista foi atingido pelas costas. A perícia indica ainda que os tiros foram feitos a partir de uma pistola 0.40, de uso exclusivo da polícia. Depois do crime foi encontrado em um morro o carregador de uma pistola, compatível com os projéteis retirados do corpo do jornalista. Segundo as testemunhas, o autor dos disparos estava com o rosto à mostra.

A investigação aponta para um crime cometido por profissionais, de modo planejado, envolvendo uma dinâmica com rota de fuga e abordagem estratégica. Contudo, há rastros e a polícia está montando uma força-tarefa para esclarecer o crime o mais rápido possível.

Décio Sá tinha 42 anos e trabalhava na editoria de política do jornal “O Estado do Maranhão” há 17 anos. Ele era responsável por um dos blogs mais acessados do estado. O jornalista deixou uma filha de oito anos e a mulher, que está grávida de dois meses. O blog do qual a vítima era autora também pode ter alguma pista que auxilie na resolução do crime, assim como o celular do jornalista.