Publicado em: terça-feira, 26/03/2013

Jornal revela contrato de Neymar com o Barcelona

Jornal revela contrato de Neymar com o BarcelonaNesta segunda-feira o jornal esportivo Sport, da Espanha, publicou uma revelação surpreendente. De acordo com o periódico, Neymar e o Barcelona já teriam assinado um contrato civil, que obriga o atleta a se transferir para a equipe catalã após o término da Copa do Mundo de 2014.

Segundo as informações publicadas, se uma das partes desistir da negociação, terá de pagar uma indenização de 80 milhões de euros, algo em torno de R$280 milhões. O contrato teria sido firmado no final de 2011, pouco antes da final do Mundial de Clubes da FIFA, quando Santos e Barcelona se enfrentaram.

O contrato foi elaborado de forma a não transgredir as normas da FIFA. Por isso, foi redigido um acordo civil, não esportivo. Esta é uma iniciativa inédita no futebol. Caso as informações venham a se confirmar, outras equipes como Bayern de Munique e Manchester City, que já demonstraram interesse pelo jogador, teriam de pagar a multa rescisória, algo fora dos padrões até mesmo dos clubes mais ricos do futebol mundial.

Nos últimos meses, algumas declarações do pai e agente do atleta, Neymar da Silva Santos, davam a entender que o Barcelona seria realmente o destino do jogador. Até o momento, entretanto, Barcelona e Neymar não se manifestaram sobre o contrato civil.

O contato entre Barcelona e Neymar teria se iniciado em setembro de 2011, quanto Raúl Sanllehí, diretor de futebol da equipe, veio ao Brasil para conversar com o jogador e seu agente. Pouco antes da assinatura do contrato, entretanto, o Real Madrid teria tomado conhecimento do negócio e oferecido valores superiores.

A escolha pelo Barcelona teria acontecido após um acerto entre Neymar e o clube espanhol. Em troca do contrato civil, o Barça aceitaria que Neymar continuasse no Santos até o final da Copa do Mundo de 2014.

Caso a negociação realmente se concretize nestes moldes, o Santos não receberia nada pela transferência. Isso porque o contrato de Neymar se encerra exatamente após a Copa do Mundo, livrando o atleta de qualquer obrigação com o alvinegro.