Publicado em: quarta-feira, 04/06/2014

Jornal inglês afirma que Diego Costa já fez exames médicos no Chelsea

Jornal inglês afirma que Diego Costa já fez exames médicos no ChelseaSegundo informação divulgada pelo jornal inglês The Guardian, o atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa já teria feito exames médicos e sido aprovado pelo Chelsea, da Inglaterra. A multa rescisória do jogador do Atlético de Madrid, da Espanha, estaria em torno de R$ 122 milhões (32 milhões de libras) e os Blues estariam próximos de desembolsar o valor.

Nome especulado pela imprensa inglesa para o Chelsea nos últimos meses, Diego Costa foi um dos maiores destaques do Atlético de Madrid na conquista da Liga Espanhola e do vice-campeonato da Liga dos Campeões da Europa na temporada 2013/14. Curiosamente, o jogador foi um dos responsáveis pela eliminação do time inglês na semifinal do torneio europeu, e marcou um gol na vitória por 3 a 1 dos colchoneros, em Stamford Bridge, em Londres.

Atualmente, o técnico português José Mourinho tem em seu elenco os atacantes Samuel Eto’o, Demba Ba e Fernando Torres, mas não está satisfeito com o rendimento de nenhum deles. Além de Diego Costa, o Chelsea também estaria de olho na contratação de outros dois atletas do Atlético de Madrid, o volante português Tiago e o lateral esquerdo brasileiro Filipe Luís.

O jornal espanhol Mundo Deportivo, o Atlético de Madrid fez uma oferta de aumento salarial para renovar o contrato de Diego Costa, mas o atacante teria recusado a proposta. De acordo com a Rádio Marca, o brasileiro já havia manifestado o seu interesse em se transferir para o Chelsea.

Diego Costa teve média de 0,69 gols por jogo na temporada 2013/14

Na última temporada, Diego Costa marcou 36 gols em 52 partidas disputadas pelo Atlético de Madrid. Contratado pelo time colchonero em 2010, o centroavante chegou a ser emprestado ao Rayo Vallecano, mas voltou para fazer dupla de ataque com o colombiano Radamel Falcão García. No futebol europeu, o jogador também teve passagens por Penafiel e Braga, de Portugal; além de Celta de Vigo, Albacete e Valladolid, da Espanha.