Publicado em: domingo, 03/11/2013

Jornal inglês afirma que Alexandre Pato está na mira de rivais de Londres

Jornal inglês afirma que Alexandre Pato está na mira de rivais de LondresEm baixa com a torcida do Corinthians, o atacante Alexandre Pato está na mira de dois times de Londres, Tottenham e Arsenal, de acordo com informações do diário britânico, Daily Mail. Arqui-rivais, os times estariam interessados na contratação do jogador ainda para a disputa da temporada 2013/14.

No mês de agosto, inclusive, o Tottenham já buscou a contratação de Alexandre Pato, que na ocasião preferiu permanecer no Corinthians, que rejeitou proposta de 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 40 milhões), valor próximo ao que o Timão pagara para contratar o atleta junto ao Milan, da Itália. Os Spurs já contam no elenco com o ex-corintiano Paulinho, da Seleção Brasileira.

Desde que contratou Pato, o Corinthians detém 60% dos direitos econômicos sobre o jogador, enquanto o restante pertence ao próprio atleta, que recebe cerca de R$ 500 mil mensais no Timão. O percentual foi dividido assim, já que o atacante recebe no clube paulista mais ou menos metade do valor que ganhava no Milan.

Além de Pato, o Corinthians ainda conta no elenco com outros três atacantes: Emerson Sheik, Romarinho e Paolo Guerrero.

Alexandre Pato ganhou títulos, mas não correspondeu às expectativas no Timão

Campeão paulista e da Recopa Sul-Americana pelo Corinthians, Alexandre Pato nunca conseguiu a posição de titular absoluto da equipe. Mesmo assim, o camisa sete é o artilheiro do Timão no Campeonato Brasileiro, com oito gols marcados. Na Copa do Brasil, o atacante foi o ‘vilão’ na desclassificação da equipe, ao bater mal um pênalti defendido pelo goleiro Dida, após empate sem gols com o Grêmio, em Porto Alegre, no tempo normal.

Pela próxima rodada do Brasileirão, o Corinthians volta a campo neste domingo (3 de novembro), às 17 horas, contra o Vitória, no Estádio Barradão, em Salvador. O Alvinegro do Parque São Jorge está na 12ª colocação na tabela com 41 pontos ganhos.