Publicado em: terça-feira, 05/06/2012

Jogos Olímpicos – Londres tem sistema antigreve

Os Jogos Olímpicos de Londres, que acontecem a partir de julho deste ano, contarão com um sistema especial para evitar que ocorram greves de funcionários, como aconteceu na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, quando os seguranças cruzaram os braços a poucos dias do início da competição.

O Comitê Organizador dos Jogos criou um mecanismo, firmado junto ao sindicato, no qual as reclamações dos trabalhadores serão ouvidas e – dentro das possibilidades – atendidas sem que as atividades não sejam interrompidas.

Um tribunal privado irá tratar das reclamações trabalhistas, e a organização das Olimpíadas exigiu que as empresas parceiras também adotassem o mesmo esquema, para evitar qualquer tipo de paralisação em meio às Olimpíadas.

A expectativa é que mais de 100 mil trabalhadores, além de cerca de 70 mil voluntários, estejam envolvidos na realização dos Jogos de Londres. Em fevereiro deste ano houve ameaça de algumas organizações trabalhistas, de eventuais greves antes das Olimpíadas.