Publicado em: sexta-feira, 06/07/2012

Jogos Olímpicos – Leandrinho é cestinha em seu retorno

Com o seguro pago pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB), o armador Leandrinho pode finalmente voltar a atuar pela seleção brasileira de basquete masculino. O jogador participou da vitória do Brasil sobre o Chile, por 110 a 64, na noite da última quinta-feira (05), pelo Super Four, em Buenos Aires, na Argentina.

Por não ter contrato com nenhuma equipe da NBA, Leandrinho era obrigado a ter um seguro especial para poder jogar, e por não ter esta documentação, acabou ficando de fora dos três primeiros compromissos do time treinado por Rúben Magnano na semana passada, na preparação para os Jogos Olímpicos de Londres.

Leandrinho não atuava pela seleção brasileira desde o Mundial de 2010. No Pré-Olímpico do ano passado, ele pediu dispensa do grupo, o que fez com que sua participação nas Olimpíadas de Londres, juntamente com outro atleta da NBA, o pivô Nenê, ficasse ameaçada. Em seu retorno ao time brasileiro, o armador anotou 18 pontos, sendo o cestinha da partida contra o Chile.

Diante de um adversário bastante inferior tecnicamente – o Chile foi último colocado no Sul-Americano deste ano – Magnano começou a partida com Marcelinho Huertas na armação, Marclinho Machado e Marquinhos nas alas e Tiago Splitter e Guilherme Giovannoni no garrafão. Ao longo da partida, o treinador fez um revezamento entre os jogadores, com todos tendo oportunidade jogar.

Com a vitória fácil sobre os chilenos, o Brasil irá decidir o título do Super Four nesta sexta-feira (06), diante da Argentina, que venceu a seleção B da Espanha, por 93 a 81. O torneio realizado em Buenos Aires faz parte da preparação brasileira para as Olimpíadas de Londres. Após o Super Four, o Brasil ainda faz amistosos em Foz do Iguaçu e Washington, Estados Unidos, e segue para a Europa.