Publicado em: sexta-feira, 31/01/2014

Jogadores do Racing Santander não entram em campo e time perde vaga na semi da Copa do Rei

Jogadores do Racing Santander não entram em campo e time perde vaga na semi da Copa do ReiAntes do início do jogo contra o Real Sociedad, pelas quartas de final da Copa do Rei, os jogadores do Racing Santander se recusaram a começar a partida, no Estádio El Sardinero, em forma de protesto contra a diretoria do clube, por conta dos salários atrasados. O árbitro deu o apito inicial, mas encerrou o confronto logo em seguida.

Com a desistência dos atletas do Racing Santander, o Real Sociedad está classificado para as semifinais da Copa do Rei e terá como adversário o atual campeão nacional, o Barcelona, que eliminou o Levante. No jogo de ida pelas quartas de final, o time basco havia vencido por 3 a 1, no Estádio Municipal de Anoeta.

O grupo de jogadores do Racing Santander queriam, antes da partida, a demissão dos participantes do Conselho de Administração do clube. Quase todos os membros saíram, exceto Ahsan Ali Syed, que representa a empresa WGA, a qual tem a maior parte das ações do time. Ángel Lavin Harry, presidente do clube, também se manteve no cargo, o que irritou o elenco.

A saída de Ángel Lavin Harry era esperada até o horário da partida. O mandatário do Racing Santander se reuniu com a diretoria do clube pouco antes do começo do confronto, mas não deixou o clube de maneira oficial. Dessa forma, os atletas do time avisaram os adversários, do Real Sociedad, e o árbitro, que não entrariam em campo para jogar a partida.

Racing Santander chegou a disputar a Liga Espanhola na temporada 2011/12

Atualmente, o Racing Santander disputa a Terceira Divisão do Campeonato Espanhol, entretanto, há dois anos, estava na elite do futebol nacional, na temporada 2011/12, quando acabou rebaixado para a Série B. Com a desistência de jogar a segunda partida da semifinal da Copa do Rei, a equipe deve ficar fora do torneio na próxima temporada.