Publicado em: quinta-feira, 01/03/2012

Jogadores do Corinthians e Fluminense são denunciados por contrabando e lavagem de dinheiro

O atacante Emerson, do Corinthians, e o volante Diguinho, do Fluminense, foram denunciados pelo Ministério Público da União por lavagem de dinheiro e contrabando. Os dois poderão ser processados e se forem declarados culpados podem até serem presos.

Durante a operação Black Ops, da Polícia Federal, o nome dos dois jogadores estavam envolvidos em um esquema de compra e venda de veículos com notas subfaturadas. Inicialmente, a operação investigava a máfia de caça-níqueis no Rio de Janeiro.

Segundo as investigações da polícia, Emerson comprou dois carros na concessionária Euro Imported Cars, local que era utilizado pela quadrilha dos caça-níqueis para lavagem de dinheiro. Um desses carros foi repassado para Diguinho.

Se forem realmente acusados, os jogadores estão impedidos de deixarem o país. Como as duas equipes participam da Libertadores, nos jogos fora de casa ambos não poderão atuar. A pena para esse crime varia de quatro a 12 anos de prisão.