Jogador de vôlei sofre racismo

O jogador de vôlei Wallace, do Sada Cruzeiro e também da seleção brasileira foi vítima de racismo, na última quarta-feira (29), durante a partida contra o Vivo/Minas, pela Superliga. O oposto foi chamado de ‘macaco’ por uma torcedora na arquibancada, por mais de uma vez.

Após anotar um ponto, uma torcedora gritou ‘Wallace, seu macaco, volta para o zoológico’. O mesmo xingamento ocorreu em outros momentos da partida, e além de jogadores, as câmeras de televisão que transmitiam a partida também captaram a ofensa.

O jogador preferiu não se pronunciar, e de acordo com o Sada Cruzeiro, Wallace estava bastante transtornado ao final do jogo. O Cruzeiro já informou que irá levar o caso para a CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), para que alguma medida seja tomada.

No ano passado, o Sada Cruzeiro se envolveu em uma outra polêmica, quando a equipe mineira enfrentou o Vôlei Futuro e a torcida cruzeirense chamou o central Michael de ‘bicha’. O caso chegou a ser levado para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva(STJD), mas não resultou em nenhuma pena para o Cruzeiro.

+ Esportes

Buscar

Curtir