Publicado em: quarta-feira, 15/02/2012

Joel Santana diz que Libertadores de 2008 é ferida fechada

O técnico Joel Santana volta a estar à frente do Flamengo na Copa Libertadores da América, nesta quarta-feira (15). Desde 2008 o treinador não comanda o rubro-negro na competição continental, e a lembrança do torneio não é nada agradável.

Naquele ano, Joel Santana se despedia do Flamengo, para assumir a seleção da África do Sul, e em clima de festa, em pleno Maracanã, a torcida rubro-negra acabou vendo o América do México eliminar os flamenguistas nas oitavas de final do torneio.

O técnico do Flamengo garante que o trauma daquela eliminação já foi superado. Nas palavras de Joel, a ‘ferida já está fechada’, e que agora ele e a equipe deve se concentrar somente na Libertadores deste ano, esquecendo aquele fracasso.

Como justificativa para a derrota para o América em casa, Joel Santana afirmou que a culpa não foi somente dele, citou o fato do Flamengo ter sido campeão estadual três dias antes, além de admitir que o clima no rubro-negro era de ‘já ganhou’.