Publicado em: quarta-feira, 11/06/2014

Jihadistas dominam a cidade de Tikrit, no Iraque

Jihadistas dominam a cidade de Tikrit, no IraqueNesta quarta-feira, dia 11 de junho, os militantes extremistas jihadistas ficaram no controle da cidade de Tikrit, no Iraque. Eles libertaram vários prisioneiros. O coronel da polícia do país informou que toda a cidade está nas mãos dos militantes. A região está entre as cidades de Bagdá e Mossul e é capital da província de Saladino.

Os integrantes do grupo são membros do Estado Islâmico no Iraque e o Levante (EIIL). O Ministério do Interior se pronunciou dizendo que a situação no local é confusa já que os terroristas conseguiram tomar alguns edifícios ao adentrar em Tikrit pelo norte.

Ainda há enfrentamentos em algumas partes da cidade de Tikrit entre as forças iraquianas e os radicais. Nesta quarta, também ocorreu o sequestro de 48 pessoas no consulado da Turquia, na cidade de Mossul. Os insurgentes do grupo EIIL são os responsáveis pelo sumiço de pessoas como o próprio cônsul, os membros da comitiva e as equipes que trabalham com operações especiais, além de três crianças.

Nada menos do que 15 pessoas morreram vítimas dos ataques do EIIL em várias regiões da província. Entre os mortos estão soldados, policiais e militantes contra a Al-Qaeda. Já na terça-feira, 10, um dos coronéis declarou que os rebeldes tinham tomado o poder dos setores de Zab Riyad, Hawija e Abasi, que fica na parte oeste da cidade de Kirkut.

O EIIL ameaça lançar mais ataques contra o governo. Hoshyar Zebari é ministro de Relações Exteriores do Iraque e pede a união dos líderes do país para o enfrentamento da ameaça mortal dos militantes. Ele pede uma resposta rápida aos atentados. O ministro afirma que o governo vai atuar em parceria com forças da região autônoma curda para que os combatentes sejam expulsos da área invadida.