Publicado em: terça-feira, 05/06/2012

Itália – Jogador brasileiro assume participação em fraudes

O jogador brasileiro José Joelson Inácio admitiu participar do esquema de manipulação de resultados no futebol da Itália. O atleta confessou colaborar com as fraudes quando ainda atuava pela equipe do Grosseto, da terceira divisão italiana, na temporada 2009/10.

Inácio admitiu culpa perante o juiz Guido Salvini, em depoimento prestado na última segunda-feira (04), na cidade de Cremona, na Itália. Desde a semana passada o jogador brasileiro estava cumprindo ordens de prisão domiciliar.

O jogador brasileiro defendia atualmente a equipe do Pergocrema, também da terceira divisão, e está na Itália desde os 13 anos, tendo atuado a maioria de sua carreira nas divisões inferiores do campeonato italiano. O brasileiro faz parte de uma lista de 61 pessoas investigadas pela operação ‘Última Aposta’.

As investigações apontam para um esquema de manipulação de resultados de 33 partidas no futebol italiano, criado para beneficiar apostadores. Entre os investigados estão jogadores da Série A, como os capitães da Lazio e Atalanta, Stefano Mauri e Cristiano Doni, além do técnico da Juventus – atual campeão italiano – Antonio Conte e o lateral Domenico Criscito, que iria defender a seleção da Itália na Eurocopa.