Publicado em: segunda-feira, 12/03/2012

Itália confirma recessão oficialmente

Nesta segunda-feira, o Instituto Nacional de Estatística da Itália (Istat), confirmou os dados preliminares divulgados no mês de fevereiro, os quais diziam que o país havia entrado oficialmente em recessão. Isto porque seu Produto Interno Bruto (PIB) apresentou no quarto trimestre do ano passado uma redução de 0,7% com relação ao trimestre anterior.

Caso os dados forem comparados com o anual, o PIB do país teria sofrido uma queda de 0,5% no quarto trimestre do ano passado com relação ao mesmo período do ano de 2010. Em consequência disso, a Itália retorna a recessão, a qual tinha saído no segundo trimestre de 2009. Segundo dados do Istat, no terceiro trimestre de 2011, o qual significa os meses de julho a setembro, o PIB Italiano já tinha sofrido uma redução de 0,2% com relação ao trimestre anterior do mesmo ano.

Correção

Somente uma correção foi feita perante o comunicado anterior. A correção foi que as previsões realizadas pelo Instituto para 2012 diziam que, de acordo com a notícia dada pelo jornal Folha de S. Paulo, “no caso de não se experimentar nenhuma variação conjuntural, o PIB se contrairá 0,5%”. Anteriormente, a previsão nos dados preliminares era de 0,6%.

O aumento do PIB em 2011, de acordo com o Instituto, foi de 0,5%, sendo que em 2010 foi registrado 1,4%. Os cálculos do governo italiano para 2012 eram de uma contração de 0,4%. No entanto, o Banco da Itália afirmou, nesta segunda-feira (12) no boletim econômico referente aos dados de dezembro do ano passado, que a dívida do país no ano passado aumentou 2,98%.