Publicado em: terça-feira, 25/09/2012

Irã pretende boicotar o Oscar 2013 por causa de filme contra o islamismo

Irã pretende boicotar o Oscar 2013 por causa de filme contra o islamismoMohammad Hosseini é o Ministro da Cultura e da Orientação Islâmica do Irã. Ele anunciou durante a madrugada desta segunda-feira que seu país pretende boicotar o Oscar 2013 como forma de protestar contra a realização de filmes americanos que ofendem a imagem do profeta Maomé. O filme já causou diversos protestos violentos no país.

O cinema no Irã ganhou respeito nos últimos anos, apesar de ser censurado e muitas vezes os cineastas importantes serem vítimas de perseguição. Neste ano o filme “A Separação” do cineasta Asghar Farhadi, levou o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrageira neste ano.

Hosseini disse que o Irã pretende fazer um boicote contra o Oscar, como uma forma de mostrar-se contra o filme que vai contra a sua religião, Já que os organizadores do Oscar não tomaram uma posição oficial em relação ao caso. Ele pediu que outros países islâmicos sigam o seu exemplo. Ele lembra que o filme “Um cubo de açúcar” iria representar o Irã este ano no Oscar.