Publicado em: quinta-feira, 12/04/2012

Irã não retrocederá nem um milímetro, diz Ahmadinejad

Nesta quinta-feira (12), o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad afirmou que seu país não irá retroceder “nem um milímetro” com relação aos seus direitos nucleares inalienáveis. A afirmação foi dita nas vésperas do recomeço das discussões entre as grandes potências mundiais e o Teerã sobre o problema nuclear exercido pelo país.

Em seu discurso, feito durante uma viagem à Hormazgan, no Golfo Pérsico, Ahmadinejad afirmou que nem a pressão mais intensa fará com o país ceda aos seus direitos fundamentais. O presidente iraniano aconselhou aos inimigos do país e as “potências arrogantes” a mudarem de comportamento com o que diz respeito ao Irã.

Reinício das negociações

Na segunda-feira, o Irã confirmou que as negociações com as potências com relação a seu programa nuclear serão retomadas no sábado (14), na Turquia. Na semana passada, o Teerã disse que não queria que as negociações fossem retomadas na Turquia, depois de 15 meses paralisação em manifestação pelo apoio dado por Ancara a oposição na Síria.

Catherine Ashton, porta-voz, disse que a reunião entre o Irã e as grandes potências (Alemanha, Estados Unidos, China, França, Rússia e Grã-Bretanha) seria realizada no sábado em Istambul. As últimas reuniões feitas entre os países listados aconteceram em janeiro do ano passado, também em Istambul, mas não tiveram nenhum resultado. A União Europeia juntamente com os Estados Unidos acordaram sanções petroleiras contra o país de Ahmadinejad.