Publicado em: segunda-feira, 02/01/2012

Irã faz testes de novos mísseis no Estreito de Ormuz

De acordo com a agência oficial Irna, o Irã realizou testes com dois mísseis na região do Estreito de Ormuz nesta segunda-feira (2). O local onde foram feitos os testes é a passagem estratégica do transporte de petróleo. O país decidiu fazer os lançamentos exatamente no momento em que os países ocidentais estudam reforçar as sanções contra o Irã por causa de seu programa nuclear.

O porta-voz oficial das manobras navais realizadas pelo Irã, o almirante Mahmud Mussavi, disse que o míssil Ghader, que tem alcance de 200 quilômetros e foi construído por especialistas do próprio país, conseguiu atingir o alvo e o destruiu. Cerca de 35% do tráfego do petróleo internacional passa pelo Estreito de Ormuz, na região do Golfo Pérsico.

Mussavi também disse que o Ghader é um sistema de mísseis moderno, que vem com radar integrado e consegue ser muito preciso. O alcance e o sistema inteligente (que não permite que o míssil seja detectado) foram aperfeiçoados em relação às gerações anteriores. O almirante anunciou na TV estatal do país, instantes depois, que outro míssil, o Nasr, havia sido testado com êxito.

Mussavi também anunciou que haverá o lançamento de um novo míssil, o Nur. O almirante disse que este modelo também é ultramoderno e teve o sistema de detecção do alvo e antirradar aperfeiçoados. O Nur também tem alcance de 200 quilômetros e é uma espécie de derivado do C-802, míssil chinês que alcança alvos distantes até 180 quilômetros.