Publicado em: sábado, 09/02/2013

iPad faz com que Apple tenha domínio de vendas de PCs durante fim de 2012

O iPad foi definido como tablet, porém é possível que ele seja classificado como sendo um computador pessoal. Na temporada de compras do final do ano, aproximadamente uma em seis pessoas que realizavam compras de PCs no planeta levou o tablet da Apple para casa, conforme aponta uma pesquisa realizada pela Canalys em um relatório que foi liberado durante a última quarta (6).

Nele apontava que quando os tablets estavam incluídos, os envios de PCs que foram produzidos no último trimestre aumentaram 12% em comparação com o período que correspondia ao ano anterior. A Apple teve liderança no mercado contando com 22,9 milhões de iPads e com 4,1 milhões Macs vendidos. A HP ficou na segunda colocação, com 15 milhões de computadores pessoais enviados, já a Lenovo teve o envio de aproximadamente 14,8 milhões de PCs.

A Amazon e a Samsung estão rapidamente ganhando força no mercado de PCs com seus tablets. A Amazon enviou 4,6 milhões de tablets, incluindo o Kindle Fire, durante o trimestre, e a Samsung enviou outros 7,6 milhões. Do total, o envio de tablets encomendados foi responsável por um terço do mercado de computadores no período.

A empresa IDC de pesquisas demonstrou números semelhantes na produção de PCs durante o último trimestre, porém não havia inclusão de tablets na análise.

As empresas que realizam pesquisa geralmente não chegam a contar tablets como sendo PCs, pois eles são aparelhos diferentes de laptops e de computadores de mesa da maneira tradicional. Porém quando as vendas das duas categorias são postas um ao lado do outro, as quantidades podem dar perspectivas de que velocidade do tablet dissolve o PC convencional.

Segundo o relatório da Canalys faz com que Steve Jobs soe presciente. Pois quando ele fez o anúncio do iPad 2 no ano de 2011, ele apontou que tablets levavam as pessoas a uma era pós-PC.