Publicado em: quarta-feira, 26/10/2011

Investimentos estrangeiros ultrapassam US$ 50 bilhões

Até o mês de setembro, o Brasil já acumula US$ 50,451 bilhões em investimentos estrangeiros diretos (IIED). Os dados foram apurados pelo Departamento Econômico do Banco Central e anunciados nesta terça-feira (25). Dessa forma, o total bate o recorde deste o início do BC, que aconteceu em 1947.

O total já ultrapassa o mesmo que foi recolhido no mesmo período de 2010, quando foram aplicados US$ 22,557 bilhões. O esperado é que até o final do ano a marca ultrapasse os US$ 60 bilhões. Este valor seria o necessários para fazer o financiamento de todas as despesas liquidas realizas pelo país nos setores de serviços, comércios e transferência de renda e transferência unilateral.

Em setembro passado, os investimentos estrangeiros diretos registraram US$ 6,326 bilhões. O total dos valores ja foram descontados de todo o capital do seu país de origem. Dessa forma, o resultado é o melhor para o mês desde setembro de 2004. em agosto, o total ficou em US$ 5,606.

Para o banco Central, o total superou as expectativas, já que o estimado é que o investimento ficasse na faixa de US$ 5 bilhões, uma vez que o país já sentiu alguns reflexos por conta da desaceleração do mercado em resposta a nova crise econômica.