Publicado em: quinta-feira, 10/04/2014

Investigação interna resulta em tensão nos bastidores da Globo

Investigação interna resulta em tensão nos bastidores da GloboO clima no setor de Jornalismo da Rede Globo é de tensão por conta de uma investigação interna. As investigações estão sendo realizadas no intuito de descobrir de quem é a responsabilidade pelo vazamento de informações confidenciais, um programa piloto do novo formato do Fantástico, que tem estreia prevista para o próximo dia 27 deste ano.

As investigações estão instaurando um clima de terror na Rede Globo e o medo começou na produção do Fantástico, mas acabou se espalhando por outras redações e até mesmo para afiliadas da emissora.

No Rio de Janeiro, um dos chefes de setor teria informado aos subordinados que pessoas poderiam terminar demitidas após o vazamento. O clima é tão ruim que até mesmo quem não tem qualquer relação com o Fantástico ou o jornalismo da emissora estão temendo ser mandados embora.

Jornalistas e profissionais da área da tecnologia estão sendo intimado para prestar declarações sobre a atuação das últimas semanas. Enquanto isso, outros estão se sentimento ameaçados somente pelo clima de tensão. Nos bastidores, a investigação está sendo chamada de CPI do vazamento do Fantástico.

Isso tudo por conta da transmissão na internet de um vídeo de 45 minutos com imagens de um programa piloto, um teste de um novo formato do Fantástico. O vídeo foi divulgado por um grupo de jovens fanáticos por televisão, em uma transmissão streaming acompanhada por cerca de 200 pessoa.

As cenas que vinham sendo guardadas por mais de dois anos, acabou sendo reveladas ao público cerca de três semanas antes do lançamento previsto. O vídeo ainda pode ser encontrado circulando na rede.

Executivos da Globo chegaram a ficar furiosos com o vazamento, sem ter chego ainda no nome do responsável e a revelação de qual é o ponto vulnerável da Globo, para evitar que a situação se repita com outras produções.