Publicado em: quinta-feira, 13/11/2014

Intolerância alimentar e alergia são diferentes mas possuem sintomas parecidos; Especialistas ajudam a identifica-los

Intolerância alimentar e alergia são diferentes mas possuem sintomas parecidos; Especialistas ajudam a identifica-losHá quem pare de comer glúten ou para de tomar leite porque está embarcando em uma dieta, mas também existem os que não tem escolha e não podem comer ou beber nada disso, porque sofrem de alguma alergia ou intolerância. No programa Bem-Estar, da Globo, da última quarta-feira (12), a gastroenterologista pediátrica Vera Lucia Sdepanian e a alergista Ariana Yang esclareceram dúvidas acerca do assunto. Em caso de alergia, o sistema imune reage a uma quantidade, pequena ou grande, de uma proteína do alimento, como a do leite, causando inflamação envolvendo todos os órgãos, como a pele e o sistema respiratório.

Em grande parte dos casos, a reação é imediata, podendo ter até mesmo risco de morte, assim alerta a alergista Ariana Yang. Segundo ela, também é importante destacar que a alergia ao leite tem cura; podendo ser espontânea, quando a criança melhora sozinha logo após que cresce, ou por meio do tratamento chamado “dessensibilização”, com acompanhamento médico, em que o corpo vai se adaptando ao leite.

Em outros casos, as reações alérgicas podem acontecer em períodos mais tardios, fazendo com que muitas pessoas confundam intolerância a lactose. Quando isso acontece, o problema não está na reação do sistema imune, mas na dificuldade de conseguir digerir algum componente daquele tipo de alimento. Não há riscos maiores e as reações podem ser tardias, não só deixando a barriga inchada, mas também com gases, dor e diarreia, porque o organismo ao qual recebeu o alimento não tem substancias para concluir o processo digestivo dele.

Intolerância ao glúten

De acordo com a gastroenterologista pediátrica Vera Lúcia Spedanian, a intolerância ao glúten pode surgir em qualquer fase da vida. A dificuldade está na demora para ser diagnosticado, se isso acontecer, tudo o que o paciente ingeriu antes de saber, pode trazer consequências, com problemas de ganho de estatura, peso e atraso de puberdade, isso em adolescentes, por exemplo. O sintoma que se destaca é a diarreia, mas a especialista ressalta que é importante ficar atento a outros sinais de alerta, como a osteoporose, que pode ter ligação a intolerância ao glúten.