Publicado em: terça-feira, 24/06/2014

Intervenção de Obama no Iraque é desaprovada por metade dos americanos

Intervenção de Obama no Iraque é desaprovada por metade dos americanosUma pesquisa elaborada por um jornal e uma emissora de televisão mostra que a gestão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, da crise no Iraque não é aprovada por metade da população do país. Cerca de 52% dos norte-americanos não estão satisfeitos com a intervenção do governo nos conflitos no Oriente Médio.

O resultado da pesquisa foi divulgado na última segunda-feira, dia 23 de junho. O descontentamento em relação às ações do governo no Iraque refletem também a queda de aceitação do democrata como dirigente dos Estados Unidos. O último levantamento sobre a política externa do governo foi realizada no mês de maio e mostra que o descontentamento só aumentada. Agora, o resultado deu 6% maior.

Os responsáveis pela pesquisa foram o jornal “The New York Times” junto com a rede de televisão “CBS”. Este é o nível mais alto de desaprovação desde quando Barack Obama assumiu o poder, no ano de 2009. A maior parte da população descontente são os correligionários democratas de Obama. Praticamente um terço deles não estão de acordo com a maneira de Obama lidar com problemas externos.

A publicação do “New York Times” diz que a diminuição da popularidade de Obama é uma ameaça aos objetivos políticos do governo. O apoio a Obama tem diminuído tanto entre os republicanos quanto entre os democratas. Ainda restam dois anos e meio de governo Barack Obama. O índice de aprovação do governo está em 40%.

Mesmo com o resultado da pesquisa não sendo tão favorável a Obama, 51% dos entrevistados ainda apoiam a ideia do governo de enviar 300 assessores militares norteamericanos ao Iraque. Esses homens serão responsáveis por avaliarem e assessorarem as forças de segurança iraquianas para não ficarem vulneráveis. Além disso, a Casa Branca também estuda a possibilidade do uso de drones no Iraque para combater as ações dos extremistas sunitas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante.

A maior parte dos americanos estão de acordo quando o assunto é a importância do Iraque para os Estados Unidos. A pesquisa foi feita com 1.009 pessoas através do telefone, entre 20 e 22 de junho.