Publicado em: terça-feira, 04/09/2012

Internet 4G levará cinco anos para se desenvolver no país

Internet 4G levará cinco anos para se desenvolver no paísTecnologia de internet móvel que já faz parte do dia a dia dos norte-americanos, japoneses e outros países ainda irá demorar alguns anos para chegar às mãos dos consumidores brasileiros, a 4G está no papel desde junho, porém começará a ser implantado pelas operadoras no ano de 2013 com prioridade para as cidades sede da copa do mundo: Curitiba, Brasília, Belo Horizonte, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Recife, São Paulo, Cuiabá, Salvador, Fortaleza.

Estão sendo realizados alguns testes em eventos e locais específicos pelas operadoras que irão comercializar a tecnologia como num evento de telecomunicações que ocorreu em Brasília no final de agosto ou nas cidades turísticas de Campos do Jordão (SP) e Paraty (RJ), em todos os testes a tecnologia fica entre os 80mbps e 100mbps. Nos testes feitos foram notados que com essa velocidade disponível os usuários optam por visualizar em modo de streaming como vídeos e manipulação de arquivos pesados pela web.

O tempo que as empresas acreditam que irá valer para a tecnologia decolar é de 3 a 5 anos tanto dentro como fora do Brasil, ainda não foram divulgados os preços dos pacotes que serão utilizados no Brasil, porém as operadoras já sinalizaram que o preço será para o usuário que quer o serviço “Premium”. Em outros países o pacote fica em torno de R$ 150,00.

Tribunal de Contas da União Aprova com ressalvas o leilão do governo para a 4G

O leilão que foi realizado pela Anatel para a tecnologia 4G e faixa de frequência de 450 Mhz que é internet em áreas rurais aprovou o estudo de viabilidade econômica para os preços mínimos e valores referenciais porém ressaltou que o custo médio estava desatualizado e salientou para nas próximas licitações utilizar o custo médio ponderado.

O leilão rendeu R$ 2,93 bilhões e ocorreu em junho deste ano.