Publicado em: segunda-feira, 03/03/2014

International Board proíbe mensagens em camisetas de jogadores

International Board proíbe mensagens em camisetas de jogadoresNeste sábado, 1º de março, a International Football Association Board (IFAB) anunciou que os jogadores de futebol não poderão mais exibir mensagens em camisetas vestidas por baixo dos uniformes, mesmo que as mensagens exibidas sejam relacionadas a ações de solidariedade ou tenham caráter educativo. No mesmo comunicado, o órgão, que se responsabiliza por regulamentar as regras do esporte, também autorizou a utilização de vestes para cobrir a cabeça. Esta iniciativa teve como principal foco o futebol feminino, mas também poderá ser utilizada no masculino.

Mensagens

As mensagens em camisetas abaixo do uniforme já haviam sido proibidas anteriormente pela FIFA, mas os atletas continuavam a utilizar este recurso para passar mensagens, principalmente após a marcação de gols.

Após reunião com diretores da IFAB, o secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke, explicou que nem mesmo as mensagens que tenham boas intenções poderão ser utilizadas. A nova regra começará a ser aplicada em 1º de junho, ou seja, estará valendo antes do início da Copa do Mundo.

Sem exceção

Ainda segundo Jérôme Valcke, a IFAB decidiu não abrir exceções para mensagens bem intencionadas para evitar qualquer confusão – afinal, caberia ao árbitro julgar se a mensagem é ou não bem intencionada. Para Jonathan Ford, membro do IFAB, é impensável delegar aos árbitros a decisão de avaliar mensagens em camisetas, para que eles decidam se o texto é solidário, político ou comercial, por exemplo.

Ford declarou, também, que por vezes uma mensagem apresentada em determinada cultura pode ter um significado completamente diferente em outra. Por isso, a maneira mais fácil encontrada pelo órgão foi banir completamente as mensagens.

Em relação à utilização de vestes para a cabeça, a FIFA havia definido de maneira provisória, em 2012, que os acessórios estavam autorizados, principalmente para que as equipes de mulheres muçulmanas pudessem utilizar o hijab. Neste sábado, a entidade máxima do futebol ratificou a decisão, tornando-a permanente. Devido aos pedidos de uma comunidade sikh (religião próxima ao islamismo), a medida foi estendida também para o futebol masculino.

Punições

Atualmente, os árbitros podem ou não punir com cartão amarelo as mensagens mostradas por debaixo do uniforme dos atletas. Muitas vezes, isso acaba ficando por conta do teor da mensagem, o que não será mais aceito a partir de junho. Contudo, os jogadores não serão mais punidos com o cartão, mas denunciados à federação que organiza a competição. A partir daí, pode haver punições como advertência, multa ou suspensão.

A IFAB, que define as regras do futebol, é mais antiga do que a própria FIFA, tendo sido criada em 1886. Atualmente, o órgão é composto pelas quatro federações nacionais do Reino Unido e por outros quatro membros da FIFA. Para que uma regra do futebol seja alterada, é necessário que pelo menos 75% dos membros sejam favoráveis à mudança. Atualmente, a IFAB vem passando por uma reformulação estrutural, com a criação de subcomitês. De acordo com Jérôme Valcke, diversas outras regras do futebol têm sido analisadas pelo órgão, que tem a intenção de torna-las mais claras para todos os países.