Publicado em: quarta-feira, 02/01/2013

Instagram perde 22% das postagens de usuários após mudanças na privacidade

Instagram perde 22% das postagens de usuários após mudanças na privacidadeDepois da polêmica sobre a mudança na política de privacidade da rede social para compartilhamento de imagens Instagram, houve perda de 22% dos usuários em sete dias.

O fluxo diminuiu de 15,9 milhões diários para apenas 12,4 milhões, conforme aponta a AppData, que diz que a sazonalidade do fim de ano pode ter contribuído para esta redução.

Mesmo depois de ter revisto a política de privacidade para que fossem eliminadas algumas cláusulas que permitiam que direitos autorais de usuários fossem eliminados, o Instagram sofre um processo judicial nos Estados Unidos.

O escritório de advocacia Finkelstein & Krinsk, na cidade de San Diego, Califórnia, afirma que esta nova política para privacidade irá representar uma forma de quebra de contrato relacionada com os termos de maneira atual. Este escritório fez o registro do processo no último dia 21 na Corte do estado da Califórnia.

Estas novas regras da rede social que foi comprada em 2012 pelo Facebook irão entrar em vigor no dia 19 de janeiro, porém já houve revisão devido à quantidade de usuários que disseram não gostar da possibilidade de que os direitos de imagens que foram postadas terem sido transferidos de maneira automática para o Instagram. A rede social afirmou que não quer tomar os direitos autorais das imagens e sim apenas as “licenças de uso” das imagens.

Conforme aponta o processo, estas licenças de uso podem constituir uso de maneira não consensual de nome, voz, assinatura, fotografia entre outros dados de usuários, que pode violar lei do Estado da Califórnia.

Este processo diz que, caso os usuários não concordem com estes termos do Instagram, eles poderão cancelar o perfil, porém sem abrir mão daquilo que já tinha sido compartilhado na rede social.

Fora isto, o processo ainda faz acusações que oInstagram limita as formas nas quais usuários podem reclamar os seus direitos.