Publicado em: quinta-feira, 29/03/2012

INSS divulga resultado final de concurso realizado em fevereiro

O INSS, Instituto Nacional do Seguro Social, tornou público na terça feira (27) o resultado oficial do concurso que abriu mais de mil e oitocentas vagas. A lista divulgada apresenta o nome dos classificados, em ordem de classificação, além de considerar também a Agência de Previdência Social a qual o candidato se inscreveu. No Diário Oficial da União, na Seção 3, a lista começa na página 106, indo até a 221. O concurso contou com quase um milhão de participantes, sendo o maior até o momento.

A oferta é de mil e quinhentas vagas de técnico do seguro social e mais 375 para perito médico previdenciário. Dos 904.459 inscritos, sem a inclusão dos portadores de deficiência, mais de 80% estiveram presentes nas provas para técnico do seguro social. No caso das vagas para perito médico previdenciário, o índice de ausentes foi maior, já que mais de quatro mil, dos onze mil inscritos, não realizaram o exame.

Segundo informações do Ministério da Previdência, o exame transcorreu tranquilamente em todo o Brasil. Nas aplicações de provas no turno da manhã, trabalharam mais de cem coordenadores, oitocentos fiscais de sala e mais de trezentos auxiliares. No turno da tarde, os trabalhadores coordenadores alcançou mais de dois mil e quinhentos, mais de cinquenta e cinco mil fiscais e seis mil auxiliares.

Preenchimento das vagas

A previsão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão é de que até o final do próximo mês seja possível preencher novecentos postos de técnico e mais 150 de peritos médicos. O restante das vagas deverá ser preenchido nos meses de julho e novembro. Os selecionados no exame serão distribuídos entre as Agências da Previdência Social nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

O salário chega a mais de nove mil reais nas vagas para médico. Já no caso dos técnicos, o salário é de R$ 4.496,89, juntamente com gratificações e auxílio alimentação. As vagas de técnico exigem o certificado de conclusão do curso. Para os peritos são exigidos o diploma em nível superior em Medicina e o registro no CRM.