Publicado em: segunda-feira, 21/07/2014

Inscrições para o Sisutec começaram hoje nesta etapa são oferecidas 289.341 vagas

Inscrições para o Sisutec começaram hoje nesta etapa são oferecidas 289.341 vagasComeçou nesta segunda-feira as inscrições para o Sisutec, Sistema de Seleção Unificada de Educação profissional e Tecnológica, para este segundo semestre estão sendo oferecidas 289.341 vagas para diversos cursos.

Para os candidatos interessados em participar desta edição o prazo para inscrições vão até às 23h59 da próxima sexta-feira e devem ser realizadas pelo site do programa na internet, podem participar do Sisutec todos aqueles que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio de 2013, os participantes podem escolher até duas opções de cursos que desejarem, essas opções podem ser modificadas até o término do prazo para inscrições.

As vagas são para cursos técnicos que podem ser feitos em seguida do ensino médio, participam do Sisutec instituições de ensino privadas e também públicas. Para esta etapa do programa o maior número de vagas ofertadas são de instituições privadas que totalizam 247.888, enquanto as públicas oferecem um total de 10.457 vagas.

O maior número de vagas estão registrados nos cursos para Tecnólogo em Logística que tem 40,712 vagas, seguido do curso para técnico em Segurança do Trabalho que tem 29.397 vagas, logo após está o curso para técnico em Enfermagem que tem 25.557 vagas e por fim o curso para técnico em edificações que tem 9.171 vagas disponibilizadas aos interessados.

Os cursos integram parte no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, o Pronatec, as aulas estão previstas para ter seu início entre os dias 18 do mês de agosto e dia 15 do mês de setembro.

De acordo com as informações disponíveis no edital 95% das vagas disponíveis serão destinadas aos estudantes que realizaram a conclusão do ensino médio em escolas da rede pública de ensino, isso independente da renda familiar do candidato, além disso deste total de vagas também podem participar da seleção os estudantes que concluíram o ensino médio em instituições privadas de ensino sob a condição de terem sido bolsista.

Segundo informações metade das vagas que são disponibilizadas em redes federais de ensino vão ser destinadas aos estudantes que possuem renda familiar de um salário mínimo por mês, que tenham concluído o ensino médio na rede pública de ensino ou em rede particular sendo bolsista integral.