Publicado em: quarta-feira, 15/12/2010

Inglaterra se prepara para possíveis ataques hackers

O governo da Inglaterra se preparou contra possíveis ataques a seus sites cometidos por hackers na terça-feira (14).

A medida foi tomada por conta de uma audiência em que Julian Assange, fundador do site WikiLeaks, iria comparecer em um tribunal inglês. Assange foi detido na semana passada, obedecendo uma ordem judicial da Suécia, onde ele é acusado de crimes sexuais.

Desde a prisão de Assange vários ataques foram cometidos por hackers, em protesto à detenção do criador do WikiLeaks. Entre as vítimas estavam sites de operadoras de cartões de créditos, que proibiram que seus clientes fizessem doações ao WikiLeaks.

A prisão de Assange foi cercada de polêmica, já que o site criado por ele causou muito embaraço aos governantes. O WikiLeaks é um site especializado em publicar documentos oficias secretos de governos de países como Estados Unidos, Inglaterra e até mesmo o Brasil.