Publicado em: quarta-feira, 17/08/2011

Inflação semanal sobe na maioria das capitais brasileiras

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou entre a primeira e a segunda semana do mês de agosto uma aceleração em quatro capitais durante uma pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). De acordo com a pesquisa divulgada nesta quarta-feira (17) a maior taxa de aceleração foi percebida na capital de Minas Gerais. Em Belo Horizonte o IPC-S conseguiu inverter a queda de 0,10% que foi registrada na semana do dia 7 de agosto e apresentou um aumento de 0,22% no dia 15 de agosto.

As outras capitais que foram pesquisadas e apresentaram a aceleração foram Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. No Recife o índice passou de – 0,11% para 0%, no Rio de Janeiro passou de -0,02% para 0,27% e em São Paulo foi de -0,04% para 0,11%. Na capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre o IPC-S ficou estável, com 0,24%, mesmo percentual registrado na semana anterior.

No entanto, algumas capitais tiveram uma diminuição no IPC-S. Em Salvador, por exemplo, o índice diminuiu de 0,18% na primeira semana de agosto para 0,15%. Em Brasília passou de 0,16% para 0,11% O ICP-S de 15 de agosto ficou em 0,17%.

Este resultado superou em 0,18 pontos percentuais a taxa que foi divulgada na apuração anterior a esta. Três das sete classes de despesas de componentes que são analisadas pelo índice apresentaram vários acréscimos em suas taxas de variação, a que teve maior aumento foi à categoria de alimentos que passou de -0,48% para 0,14% nesta segunda semana de agosto.