Publicado em: sexta-feira, 21/06/2013

Indústria petroleira será fundamental para crescimento do país

Indústria petroleira será fundamental para crescimento do paísA Pesquisa Industrial Anual – Empresa (PIA-Empresa) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada na sexta-feira, dia 21 mostrou que o setor onde foi registrada a produtividade maior correspondente ao trabalho nos últimos cinco anos – entre 2007 até 2011 – foi o gás natural e a extração de petróleo.

Em 2007, este segmento estava na 11ª colocação, entre um total de atividades que chegavam a 29 no setor industrial. E, depois disso, em 2011 já estava na liderança do ranking.

Em segundo lugar na produtividade apareceu a exploração de minerais do tipo metálicos, que acabou caindo do primeiro lugar em 2007, para a segunda colocação no ano de 2011. Neste setor, o minério de ferro é o produto que se destaca.

Maristella Rodriguez, que é economista e está à frente da Coordenação de Indústria do IBGE, explica que o petróleo registrou acréscimo na produção, no que se refere ao valor obido nas vendas, em 2011. Foi o primeiro ano em que ele ultrapassou o produto que estava à frente desde 1998, que era o óleo diesel.

No que diz respeito ao valor obtido nas vendas, o minério de ferro produzido alcançou os R$ 50,9 bilhões. O montante alcançado com a comercialização de óleo diesel foi de R$ 48,1 bilhões.

A pesquisadora aponta que o crescimento observado na indústria ao longo destes anos pesquisados foi a indústria de extração, que registrou aumento de 6,3% para os 11,8% na produção total. Enquanto isso, a indústria responsável pela transformação diminuiu de 93,7% na produção total para os 88%.

A extração de gás natural e petróleo, além dos minerais do tipo metálico foram os setores que tiveram a maior produtividade no que diz respeito ao trabalho e também apresentaram dinâmica que está que está relacionada aos bons resultados obtidos entre o salto da balança comercial recentemente e também foram beneficiadas de fatores internacionais favoráveis. Neste sentido, entre os fatores que se destacam está a liquidez.

O levantamento mostrou ainda que a exploração de petróleo passou por uma queda na balança comercial que foi de US$ 3 bilhões em 2007. Mas, em 2011 o setor se recuperou e terminou com superávit na ordem de US$ 7,5 bilhões. Enquanto isso, o superávit na ordem de US$ 10,8 bilhões obtido pelos minerais da metalurgia no ano de 2007 aumentou mais ainda e terminou 2011 com superávit de US$ 42,8 bilhões. O ajudou neste resultado foi a ampliação da produção e venda do minério do ferro.

Um dos pontos destacados pela pesquisa é que estes setores apresentam um grau grande de concentração, que passa dos 75%. No entanto, a economista mostra que o estudo sobre as maiores empresas deste ramos extrativos, que totalizam quatro, mostrou que a extração de gás natural e petróleo vem em um tendência de diminuição desta concentração. O índice, que era de 93,78% em 2007 caiu 70,91% em 2011.