Publicado em: segunda-feira, 14/05/2012

Incêndio nos boxes da Williams deixou mais de 30 feridos

Um incêndio atingiu os boxes da equipe Williams, no último domingo (13), logo após a realização do GP da Espanha de Fórmula-1. De acordo com um comunicado emitido pela equipe 31 pessoas ficaram feridos, e o fogo causou vários danos nos equipamentos da escuderia.

A Cruz Vermelha auxiliou no socorro das vítimas, e a maioria das pessoas internadas em hospitais próximos ao Circuito de Montmeló apresentavam queimaduras e intoxicação por fumaça. Uma vítima estaria em estado grave, com 30% do corpo queimado.

A Williams informou que ‘muita coisa’ foi perdida durante o incêndio, principalmente no setor de tecnologia. Os chassis dos pilotos Bruno Senna e Pastor Maldonado, no entanto, não teria sido danificados. A equipe inglesa ainda afirmou que tudo estará ‘100%’ até o GP de Mônaco.

As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas, e uma das possibilidades é que ele tenha sido originado no local onde havia armazenamento de combustível. O fogo se iniciou minutos depois que a Williams comemorava a vitória de Maldonado no GP da Espanha, a primeira vitória da equipe desde 2004.