Publicado em: sexta-feira, 27/07/2012

Incêndio em São Paulo deixa cerca de 100 famílias sem casa

Um incêndio na favela da Vila Humaitá, na zona oeste de São Paulo, deixou pelo menos 100 das 320 moradias que integram a comunidade destruídas. O fogo começou na manhã desta sexta-feira, 27 de julho, por volta das 4 horas da manhã. A favela está localizada perto da Avenida Engenheiro Roberto Zuccolo, nas proximidades da Vila Leopoldina e o Cebolão, perto do local onde as marginais Pinheiros e Tietê se encontram.

A favela é formada por casas de alvenaria e também por barracos. De acordo com os soldados do Corpo de Bombeiros que atenderam a ocorrência, vinte equipes estão trabalhando no local. A operação de rescaldo começou por volta das 6 horas da manhã. Apesar das proporções atingidas pelas chamas, ninguém se feriu no incêndio.

Os moradores que vivem em casas que estavam localizadas mais longe do local onde as chamas começaram foram avisados a tempo e conseguiram remover eletrodomésticos, eletroeletrônicos e botijões de gás antes que o fogo se aproximasse.

Segundo os bombeiros, o fogo teria começado quando um morador chegou em casa, por volta das 3h45, e foi utilizar o fogão. De acordo com a Defesa Civil de São Paulo, cerca de 400 pessoas foram prejudicadas pelas chamas e agora estão recebendo assistência da prefeitura. Quem não puder ir para casa de amigos ou parentes será levado para um abrigo temporário.

Por conta das chamas, a Companhia de Engenharia de Tráfego, a CET, teve que interditar as pistas nos dois sentidos da Avenida Engenheiro Roberto Zuccolo.