Publicado em: quinta-feira, 12/05/2011

Imperador visita Fukushima

Dois meses após o terremoto seguido de um tsunami atingir e devastar a província de Fukushima, no Japão, o Imperador Akihito esteve no local na última quarta-feira (11).

O imperador japonês esteve na região onde visitou famílias desalojadas após o tremor de terra e conversou com algumas das vítimas, tentando reconfortá-las. Akihito, bem como sua esposa, Michiko, já havia visitado outros locais atingidos pelo tsunami e tremor, mas pela primeira vez esteve em um dos locais mais afetados pelo terremoto.

Terremoto e tsunami fizeram com que a usina nuclear de Fukushima fosse afetada, em um dos maiores acidentes radioativos. Cerca de 85 mil pessoas residentes nas proximidades da usina tiveram de deixar suas casas, como precaução de uma contaminação.

A operadora da usina se comprometeu a indenizar as famílias com cerca de U$12 mil para cada residência afetada pelo acidente nuclear. Ainda que em níveis bem menores, os índices de radiação ainda são registrados na região da usina de Fukushima.