Publicado em: quinta-feira, 17/11/2011

Imóveis do programa do governo ‘Minha casa, minha vida’ ficam maiores

No Rio de Janeiro, no final do segundo semestre deste ano (2011), a construtora AG Prima lançou no mercado imóveis com 83m², financiados com subsídios e incentivos do programa ‘Minha casa, minha vida’. Agora, quem tem interesse em aumentar a metragem das casas, são cidades no interior de São Paulo.

Em Sorocaba, por exemplo, a Construtora Alavanca lançou apartamentos com 52m², também financiados pelo programa do governo. Nessa segunda fase do programa, a exigência como metragem mínima 39,6m².

No Rio de Janeiro, a proposta é lançar, até o final do ano, aproximadamente 500 apartamentos com 54 m², para famílias com renda de até R$ 1.600. Só em São Cristóvão, a previsão é de apartamentos com 47 m² a 68 m².

Até 2013, a Construtora Alavanca pretende lançar também 500 apartamentos em Sorocaba. Os lançamentos mais atuais possuem dois dormitórios e vaga para garagem. Acompanhamentos mais sofisticados têm sido acrescentados a esses imóveis populares, como elevadores e lazer com piscina.