Publicado em: sábado, 16/06/2012

Igreja britânica é acusada de ser intolerante com o casamento homossexual

O casamento homossexual é considerado uma polêmica em vários países do mundo, e leis para o legalizarem ainda não são vistas com bons olhos por todos. Um secretário de Estado da Inglaterraestá acusando a Igreja do país de ser intolerante com sua posição sobre as intenções do governo em tornar legal o casamento homossexual.

Em uma entrevista que foi publicada neste sábado (16), no jornal “The Times”, o político Nick Herbert solicitou que a Igreja tenha mais cuidado com a linguagem que utiliza para se referir aos planos do governo ligados a proposta de legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo antes de 2015. A proposta foi apresentada pelo governo de David Cameron em março.

Proposta

Nick Herbert apresentou uma proposta que prevê um período de três meses para uma consulta, e só depois deste tempo será iniciado o trâmite parlamentar. Com este trâmite ele deseja que os homossexuais possam se casar no civil. O político é homossexual e possui uma união com Jason Eades.

Ele disse para o jornal que está cansado de ter que ouvir as pessoas lhe dizerem para ele se conformar em ter uma união civil. O político afirma que se considera um cristão, mas que nunca se sentiu tão afastado da Igreja como neste momento de sua vida. Ele acredita que alguns líderes religiosos disseram afirmações intolerantes a respeito da proposta.