Publicado em: quarta-feira, 05/09/2012

Ídolos 2012 – Vencedor precisará se destacar sem a Record

Ídolos 2012 - Vencedor precisará se destacar sem a RecordA Record precisou dar alguma resposta à mídia e aos fãs quanto ao fato de, em quatro temporadas, não ter conseguido emplacar nenhum ídolo no cenário brasileiro da música. Com isso, agora a emissora se exime da responsabilidade, taxando ao cantor a responsabilidade pelo seu sucesso ou fracasso.

Pelo menos foi o que ficou claro na terça feira passada (28), ao longo de uma coletiva de imprensa sobre o lançamento do programa. Agora, está declarado que o programa não tem como objetivo chegar a formar um artista, e sim, somente dar a ele a oportunidade para que ele mostre seu trabalho dentro do mercado da música, foi o que afirmou o presidente do comitê artístico da Rede Record, Mafran Dutra.

Agora, a estratégia é que o vencedor use o prêmio, no valor de R$ 500 mil para conseguir alavancar sua carreira. Uma das juradas, a cantora Fafá de Belém, declarou na ocasião que este seria o diferencial desta edição, porque o vencedor precisa de grana para investir na carreira, para usá-lo como um capital inicial de forma a obter sucesso.

Entretanto, Mafran ainda frisou durante a coletiva que o contrato firmado entre vencedor e emissora não determina ou obriga que o dinheiro do prêmio seja usado especificamente para este fim.