Publicado em: quarta-feira, 16/05/2012

Ibovespa atinge menor patamar desde 19 de dezembro com queda de 2,25%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de valores de São Paulo, terminou o dia de ontem com o menor número desde 19 de dezembro do ano passado. A queda do dia foi de 2,25% e o índice fechou a sessão com 56.237pontos. O Ibovespa vem apresentado queda desde a semana anterior. Ontem foi o sexto dia consecutivo de queda. Isso não ocorria também desde o ano passado. A última vez que isso aconteceu foi durante os pregões de 5 a 12 de julho do ano passado. Em função dessas quedas o desempenho do ano está negativo em 0,91%. Isso ocorre mesmo depois da valorização de 21,52% no mês de março deste ano. Ontem o giro real da sessão foi de R$ 7,929 bilhões.

Investidores procuram outros lugares mais seguros para colocarem o dinheiro

Essa queda reflete as preocupações do mercado em função do risco. Os investidores estão buscando melhores lugares para investir o dinheiro e não mais em ações como costumava ser freqüente. Dentre os lugares mais procurados, que substituem o mercado de ações, estão o dólar e a dívida pública. O mercado financeiro apenas refletiu o período de maior tensão ao risco. O dólar, uma saída encontrada pelos investidores, chegou a valer no final da sessão mais de R$ 2, o que equivale a uma alta de 0,60%.

Resultados positivos da Europa também tem impacto

Houve ainda também o impacto da crise na n Europa. O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha, por exemplo, teve elevação de 0,5% nos primeiros três meses do ano de 2012 ao compararmos com os números do último trimestre de 2011. Esse aumento do PIB superou as expectativas e retirou de cena o registro de uma recessão que alarma toda a região.