Publicado em: quarta-feira, 16/11/2011

IBGE revela: mulheres estão tendo menos filhos e engravidando mais tarde

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (16) os resultados preliminares da amostra do Censo 2010. A presidente do Instituto, Wasmália Bivar, revelou que o Brasil se mostrou como um país onde as mulheres têm, em média, menos filhos e são mães um pouco mais tarde.

No Brasil, o número médio de filhos por mulher foi de 1,86 filho em 2010, contra 2,38 filhos no Censo de 2000. A maior diminuição nas taxas de fecundidade foram nas regiões Norte e Nordeste. O Rio de Janeiro se mostrou como o local onde as mulheres tem menos filhos.

Wasmália explicou: “Se está trazendo em números a percepção que a gente já tinha sobre vários fenômenos. Se confirmou aquilo que a gente já identificava na Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílio (Pnad). A tendência observada pelo Instituto em 2000 era para a concentração de mais filhos entre mulheres mais novas.

Em 2010 a situação é outra. Os grupos de 15 a 19 anos e de 20 a 24 passaram a concentrar 17,7% e 27% dos nascimentos, contra 18,8% e 29,3% em 2000. Com a diminuição desse número, houve um aumento do número de mães mais velhas. Outra mudança foi o aumento das uniões consensuais. Os casais tem formalizado menos os relacionamentos. Esse número subiu de 29% pára 36%.