Publicado em: quinta-feira, 06/06/2013

IBGE estima aumento de 14,8% na safra

IBGE estima aumento de 14,8% na safraA safra registrada no Brasil este ano de oleaginosas e leguminosas deve crescer 14,8% em relação ao ano passado. É o que aponta o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola feito no mês de maio deste ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números foram divulgados nesta quinta-feira (06) e aponta que a produção seja de 185,9 milhões de toneladas em grãos em 2013, o que representa aumento de 0,5% em relação à previsão realizada no mês de abril.

O crescimento da área que será colhida (8,4%) fica abaixo que a produção, o que representa que o país representou um crescimento de produtividade. Ao todo, a área que será colhida neste ano está prevista para acontecer em 52,9 milhões de hectares, ou seja, 0,2% que o que havia sido divulgado também no mês de abril.

As três principais lavouras cultivadas no Brasil, milho, arroz e soja, terão crescimneto na produção neste ano. O IBGE aponta crescimento de 23,5% para a produção de soja, 10% para a lavoura de milho e 3,9% na produção de arroz. A soja e milho terão crescimento de 10,9% e 8,9%, respectivamente, no total de área que deverá ser colhida. Já a área de arroz deve ser semelhante a utilizada no ano passado.

Do total de 26 itens escolhidos pelo IBGE, 16 deles devem ter aumento na previsão de produção em comparação a 2012. Assim como a soja, os crescimentos mais significativos devem ser visos na produção de trigo em grão (25,9%), cevada em grão (31,9%), feijão em grão 2ª safra (18%), sorgo em grão (21,4%) e triticale em grão (17,0%). O café em grão – canephora terá crescimento de 4% e a cana-de-açúcar deverá ter crescimento de 10,3%.

Mas, algumas culturas devem registrar diminuição na produtividade. Entre os itens estão a mamona em baga (-18,1%), o algodão herbáceo em caroço (-30,6%), batata-inglesa terceira safra (-14,9%), a laranja (-14,2%) e o amendoim em casca segunda safra (-12,5%). O café em grão – arábica deverá ter diminuição de 4,7%; a mandioca, de 2,0%; e o feijão em grão terceira safra, de 6,7%.

A previsão do IBGE é que apenas o Norte do Brasil deve apresentar diminuição de 4% na safra de 2013. As demais quatro regiões apresentarão aumento. O principal destaque será a região Sul do país (32,7%). O Centro-Oeste terá crescimento de7%, o Nordeste terá crescimento de 8,2% e o Sudeste, de 1,2%.