Publicado em: quinta-feira, 17/11/2011

IBGE diz que analfabetismo diminuiu entre pessoa com mais de 15 anos

Os dados apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (16) indicam que o numero de pessoas analfabetas com idade superior a 15 anos diminuiu entre 2000-2010. Segundo o Censo 2010, na mesma proporção, caíram as taxas de analfabetismo entre crianças de 10 a 14 anos.

No começo deste ano, o IBGE havia apresentado os índices gerais sobre o analfabetismo no país, onde constava que o Brasil possui hoje 14,61 milhões de pessoas que não sabem ler e ou escrever com mais de 10 ano, equivalente a 9% da população que está nesta faixa etária. Em 2000, o país tinha 12,8% da sua população analfabeta.

Já entre os sujeitos com idade entre 10 e 14 anos, o índice de analfabetismo caiu de 7,3% para 3,9% os ‘últimos 11 anos, apresentando uma diminuição de 46,5% nos últimos anos.

“No contingente de 10 a 14 anos de idade a queda na taxa de analfabetismo foi mais acentuada. (…) A queda da taxa de analfabetismo ocorreu em todas as faixas etárias, refletindo, principalmente, o aumento da escolarização das crianças ao longo do tempo, e, também, o acesso a programas de alfabetização de jovens e adultos por uma ampla parcela daquelas pessoas que não puderam alcançá-la nas idades apropriadas”, avalia o IBGE.