Publicado em: quinta-feira, 19/04/2012

IBGE aponta que população indígena expandiu para 80,5% das cidades

O Censo do IBGE 1991 indicava que em 34,5% dos municípios do Brasil habitava pelo menos um cidadão indígena autodeclarado. Já em 2000, o percentual aumentou para quase 64%, enquanto que no último Censo, o de 2010, o índice subiu para 80,5% dos municípios.

Foram 817 mil pessoas que efetuaram a autodeclaração no último Censo, representando 0,4% da população brasileira. Os povos indígenas considerados índios isolados não foram alvo da pesquisa, já que devido à política de contato, eles não foram entrevistados.

De acordo com o Censo do ano retrasado, dos mais de 300 mil indígenas que viviam em áreas urbanas, a maioria está concentrada na região nordeste, com 33,7%. Nos Censos de 1991 e 2000, era o sudeste que liderava na participação indígena urbana.

Outros dados

Pela primeira vez, no último Censo, foi quando o IBGE investigou a população indígena através do quesito cor ou raça do questionário básico, aumentando o limite dos domicílios investigados.

O Censo de 2010 também iniciou o uso de alguns critérios adicionais, como por exemplo, a língua que é falada na casa, o pertencimento étnico e a localização. Os mesmo critérios de identificação que são usados em outros países. Está marcada para julho deste ano a divulgação do levantamento específico do Censo 2010.

O IBGE prepara a divulgação destes dados e enquanto isso desenvolve também um documento especial em homenagem para a comemoração do dia do índio, apresentando análises comparativas dos levantamentos de 91, 00 e 01.