Publicado em: terça-feira, 19/06/2012

Hugo Chávez se nega a participar de debate eleitoral com Capriles

Nesta segunda-feira (19), o presidente venezuelano, Hugo Chávez, não aceitou a participar de um debate eleitoral com seu rival nas eleições presidenciais, Henrique Capriles. Chávez afirmou que se nega a participar porque teria “vergonha” de debater com alguém que “não é uma entidade”. Capriles, por sua vez, afirmou que o povo da Venezuela não agüenta mais os insultos do atual presidente do país.

Hugo Chávez, de 57 anos, luta contra mais um câncer e está à frente nas pesquisas sobre intenção de votos. O líder socialista lidera os levantamentos com uma margem de dois dígitos. Com esta vantagem, as autoridades do país estão confiantes e confortáveis para as eleições presidenciais, que serão realizadas no dia 7 de outubro.

Pesquisas tendenciosas

A equipe eleitoral de Capriles, porém, afirma que alguns dos levantamentos que foram feitos são tendenciosos. A campanha do candidato rival a Chávez também diz que muitos eleitores da Venezuela têm medo de mostrarem suas reais opiniões a respeito das eleições de outubro.

Capriles venceu as primárias em fevereiro e, desde então, Hugo Chávez na o chama mais pelo nome. O líder socialista prefere chamar o oponente com insultos, como “perdedor” e “porco”. Ao ser questionado sobre um possível debate, Chávez afirma que gostaria de debater com alguém de peso. Sobre as declarações do atual presidente, Capriles escreveu em seu Twitter que Chávez não é capaz de fazer um debate com ninguém porque ele só sabe desonrar e insultar as pessoas.