Publicado em: quarta-feira, 03/04/2013

Hudson volta aos palcos depois da prisão

Hudson volta aos palcos depois da prisãoAos poucos a vida do cantor Hudson, da dupla “Edson e Hudson” vai voltando ao normal. Depois de ter deixado a penitenciária de Tremembé, no dia 23 de março, o cantor de 40 anos retornou aos palcos nesta terça-feira (02) em um show na cidade de Suzano, em São Paulo.
A apresentação da dupla foi diferente do habitual, e dessa vez Hudson foi um pouco mais discreto durante todo o show.
Logo na música que abriu a apresentação, Edson apareceu sozinho para cantor ao público, enquanto irmão ficou na lateral do palco fazendo o som com a sua guitarra. Depois de Edson cantar a primeira canção praticamente sozinho no palco, com uma camiseta da sua banda favorita, o “Guns’n Roses”, Hudson finalmente apareceu para cumprimentar os fãs.
Ovacionado, o músico se mostrou muito emocionado e depois da terceira música tocava, a dupla fez uma parada estratégica para conversar com o público. Os irmãos agradeceram a presença de todos e garantiram que estavam muito felizes de estar em Suzano. Muitas faixas com mensagens de apoio e carinho para a dupla foram levadas pelo público no local. Uma das homenagens dizia que o amor dos fãs por Hudson é igual a um casamento, e eles estarão juntos na alegria e na tristeza.
Depois de receber um abraço coletivo de todos os integrantes da banda, inclusive do seu irmão, Hudson garantiu para o público que o passado ficou para trás, e que o que importa nesse momento é apenas o presente.
O cantor foi detido na noite do dia 19 de março depois que sua ex-mulher e o atual marido dela chamaram a polícia depois que ele avisou que passaria na casa deles para buscar um automóvel. A polícia abordou o carro depois que o músico passou na frente da casa da ex-esposa. No veículo de Hudson foram encontrados um resolver calibre 38, uma pistola 380, um canivete e um soco-inglês. Depois de pagar a fiança e ser liberado, o cantor voltou a ser preso algumas horas mais tarde, depois que uma denúncia anônima levou a Policia Militar de Limeira até o condomínio em que o músico mora. Lá, os policiais encontraram uma carabina calibre 38, uma berete calibre 22, vários tipos de munição para armamento pesado e maconha.