Publicado em: quarta-feira, 18/04/2012

Homem suspeito de canibalismo em PE já foi absolvido de crime em 2010

Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, de 51 anos, um dos suspeitos de assassinar, esquartejar e comer a carne de suas vítimas, já havia sido acusado de homicídio no ano de 1998, em Olinda, Pernambuco. Contudo, ele foi absolvido em 2010, em uma decisão tomada através do júri popular.

O assassinato aconteceu próximo da casa onde ele vivia. Um homem havia sido morto a tiros no local e Jorge apenas teria saído de casa para saber o que estava acontecendo. Ele foi preso e acusado de ter cometido o crime. O processo ficou em andamento por 12 anos e o próprio Ministério Público teria pedido a absolvição.

Na época em que tudo isso aconteceu, o homem já morava junto com as duas mulheres que foram detidas na semana passada sob as mesmas acusações que ele. O trio é suspeito de assassinar pelo menos três mulheres, sendo que uma delas possivelmente seja a mãe da garota de cinco anos que morava com eles, e ainda não possuem advogados.

Isabel Cristina Pires da Silveira, mulher de Silveira, gravou um vídeo em que descreve todo o processo dos assassinatos e também do preparo de salgadinhos feitos com carne humana e vendidos. Segundo ela o trio e a criança comeram 10 kg de carne humana em um período de três a cinco dias. A menina que morava com eles não sabia que se tratava desse tipo de carne e comia pensando que era carne comum.