Publicado em: quarta-feira, 12/02/2014

Homem sobrevive a queda de avião na Argélia

Homem sobrevive a queda de avião O piloto de um avião militar sobrevoava o monte Fortas, em Oum El Bouaghi, que fica 500 km ao leste de Argel, quando a aeronave caiu nesta terça-feira. Segundo o Ministro da Defesa da Argélia, 77 pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida, sendo transferida para o hospital militar de Constantine. O avião era um c-130 hércules, que levava militares e suas família, estando 4 tripulantes e 74 passageiros à bordo na momento do acidente. A aeronave havia decolado do aeroporto de Tamanrasset, há aproximadamente 2000 km ao sul de Argel, rumo à Constantine, uns 450 km a leste da capital, e já realizava manobras de aproximação do aeroporto.

Condições meteorológicas desfavoráveis, tempestade com neve, fortes rajadas de vento e pouca visibilidade, propiciaram condições ruins para voos nos últimos dias. Todos esses fatores juntos podem ter sido a causa do acidente, segundo o coronel Lahmadi Bouguern.

O local do acidente é de difícil acesso e as buscas por sobreviventes continuam. Até o momento apenas um sobrevivente foi encontrado pela defesa civil, a vítima sofreu traumatismo craniano. Cerca de 250 socorristas foram mobilizados e uma comissão de inquérito já foi criada para descobrir os motivos que levaram a essa tragédia. Segundo a imprensa argelina as caixas pretas da aeronave já foram encontradas.

Luto

Abdelaziz Bouteflika, presidente da Argélia, declarou luto nacional de 3 dias a partir de hoje, quarta-feira, e mandou condolências para as famílias das vítimas. Segundo ele, os soldados que morreram no acidente são mártires do dever.

(Com informações de Correio Braziliense)