Publicado em: terça-feira, 20/12/2011

Homem que fez o vídeo da agressão ao Yorkshire presta depoimento

Nesta segunda-feira, dia 19 de dezembro, o homem que gravou as imagens da enfermeira agredindo um cão da raça Yorkshire em Formosa (GO), prestou seu depoimento na cidade de Barra das Garças (MT). O animal morreu devido aos espancamentos, e o vídeo com as imagens da agressão foi publicado no site de compartilhamento de vídeos YouTube, causando revolta entre os usuários da web.

O homem chama-se Claudemir Rodrigues Maciel e foi convidado a fazer um depoimento pela delegacia de Formosa, através de uma carta precatória. O homem estava passando um fim de semana no apartamento da madrinha de sua filha e afirma que filmou as cenas depois que foi acordado pelos latidos do animal.

Claudemir conta que decidiu fazer a gravação foi tinha conhecimento de que a mulher agredia o cachorro constantemente. A gravação foi feita na área de serviço do apartamento em que ele estava. Claudemir ainda filmou o animal com vida. Antes de retornar para sua cidade, ele gravou as imagens em um CD e deixou com a dona do apartamento para que fossem entregues assim que a polícia voltasse da greve.

A agressora deve prestar depoimento nesta semana. Segundo o advogado de defesa, Gilson Saad, a enfermeira está muito transtornada com a repercussão das gravações e disse que estava vivendo por um momento difícil devido ao desemprego. Se ela for condenada e processada, sua pena pode chegar a dois anos de prisão. Ela pode ainda ser denunciada por ter espancado o cachorro na frente de uma criança.