Publicado em: quinta-feira, 16/05/2013

Homem que chegaria ao Brasil jogando bola morre atropelado

Homem que chegaria ao Brasil jogando bola morre atropeladoA meta de Richard Swanson, de 42 anos era inusitada. Seu objetivo era sair dos Estados Unidos, mais precisamente da cidade de Seattle, e chegar ao Brasil caminhando por mais ou menos 16 mil quilômetros com apenas uma mochila e bola nos pés. A ideia era que conseguisse chegar até a Copa do Mundo de 2014 em terras brasileiras e assistir aos jogos.

Contudo, seu sonho foi interrompido nesta terça-feira (15), quando foi atropelado no estado de Oregon, nos Estados Unidos. Ele caminhava pelo acostamento de uma estrada quando foi atingido por uma caminhonete próximo à cidade de Lincoln City. A polícia local confirmou sua morte assim que trouxe o corpo do homem ao hospital.

A jornada de Richard Swanson também ajudava a promover o projeto “One World Futbol”, que tem sede na Califórnia. A instituição doa bolas de futebol a países em desenvolvimento. Integrantes do projeto lamentaram muito a morte do amigo, dizendo que ele era um homem inspirador e que no período em que esteve envolvido com as causas sociais marcou a vida de muitas pessoas.

A bola de futebol que Richard levava consigo foi encontrada a alguns metros do local do atropelamento. Ele havia até criado uma página no Facebook chamada Breakway Brazil, onde documentava sua viagem. O último post foi colocado pelos amigos anunciando com profundo pesar que Richard havia falecido naquela manhã de terça-feira. Ainda é citado que os amigos e familiares vão sentir falta e sempre amá-lo profundamente e que para eles, ele havia chegado ao Brasil. Swanson era pai de dois filhos, um de 22 e outro de 18 anos.

Em março, o viajante chegou a postar um vídeo no YouTube contando sobre seu projeto e explicou que teria sido demitido e estava fazendo a viagem por ter dificuldades em arranjar um novo emprego. Ele já teria trabalhado como design gráfico e passou quase uma década como investigador de suspeita de fraude de seguros.