Publicado em: sexta-feira, 24/05/2013

Homem é atacado e brutalmente morto em ataque em Londres e governo pensa que foi ato de terrorismo

Homem é atacado e brutalmente morto em ataque em Londres e governo pensa que foi ato de terrorismoUm homem foi atacado de maneira brutal e morto em um bairro no sul de Londres, próximo a uma base militar. O ataque chegou a ser fotografado e filmado por testemunhas, por um pedido dos próprios agressores. A vítima seria um militar de cerca de 20 anos. Testemunhas apontaram que a vítima teria sido decapitada.

O crime ocorreu no bairro de Woolwich, no sul da capital da Inglaterra, próximo às 14h20 (10h20 no horário de Brasília) de quarta-feira (22). O homem sofreu o ataque por uma dupla, que utilizava um machadinho, algumas facas além de uma arma de fogo.

Logo que os policiais estiveram presentes no local do crime, tiros foram trocados com dois homens, que estiveram feridos e foram levados para dois hospitais na região.

Os dois não tiveram suas identidades reveladas, mas um deles aparece em um vídeo que foi divulgado no canal de TV britânico ITV utilizando armas, e com mãos cobertas de sangue. No vídeo o homem diz jurar por Alá que nunca irão parar de combater contra eles e diz que é olho por olho, dente por dente. Ele disse ainda desculpas por mulheres terem que ver a isso, porém, nas terras deles as mulheres deles precisa ver isso ocorrer. Ele ainda falou que o povo nunca vai estar a salvo e que era para tirar o governo, que não liga pra eles

Na cidade de Paris, o premiê David Cameron do Reino Unido, disse que o crime tem fortes indícios de ser terrorismo. E antecipou a volta para Londres para que participasse nesta quinta-feira de uma reunião do comitê Cobra, que é utilizado em situações em que há emergência e de segurança nacional.