Publicado em: quarta-feira, 05/11/2014

História de Suzane Von Richthofen vai virar filme

História de Suzane Von Richthofen vai virar filmeDepois de dar entrevista para a revista Marie Claire, onde comenta sobre o cotidiano atrás das grades, Suzane Von Richthofen voltou a ser destaque na imprensa e por isso vem se cogitando que um filme sobre a sua história, e seus crimes, seja produzido. Ela está presa há 12 anos, condenada por planejar a morte de seus pais, Marísia e Manfred.

O caso já virou livro, de autoria de Roger Franchini. Agora pode ir para o cinema. Quem é cotado para dirigir o longa é Fernando Grostein, irmão do apresentador Luciano Huck, na última sexta-feira, dia 31, ele adquiriu os diretos sobre o livro.

Franchini disse que seus livros são policiais e pensa nos diálogos no momento que escreve. Segundo ele, suas histórias têm elementos da tragédia, inveja, sexo, ciúme. Sentimentos fortes e nesse caso a trama retrata uma bela jovem, de família rica e com um belo futuro pela frente, que realizou o desejo de matar os pais. Percebeu que isso era mais fácil do que imaginava. Por isso, segundo ele, a história pode render um bom filme.

Já Fernando Grostein, que hoje é reconhecido pelo filme Na Quebrada, disse que há bastante tempo deseja transformar a história de Suzane em um filme. Ele adiantou que o tom do longa deverá ser de suspensa, mostrando a complexidade da vida, pois gosta de psicologia e sempre quis entender o caso, por esse viés.

O nome da atriz Deborah Secco foi o mais cotado para viver a protagonista vilã. Pelas redes sociais, a atriz brincou, dizendo que imagina o que a sua mãe falaria ao saber que ela iria interpretar Susane Von Richthofen.