Publicado em: segunda-feira, 11/03/2013

Hilary Swank e sua mãe viviam em carro no início da carreira

Hilary Swank e sua mãe viviam em carro no início da carreiraHilary Ann Swank é uma atriz norte-americana, que já ganhou duas vezes o Oscar de melhor atriz, por sua atuação em 1999, no filme Boys Don’t Cry, e Milion Dollar Baby, em 2005. A atriz é dona de uma carreira invejada por muitos, e atualmente está consagrada como uma das melhores atrizes hollywoodianas. Mas o caminho até chegar onde ela chegou não foi fácil, e Hilary teve que superar muitos desafios, para chegar onde chegou.

Em entrevista a atriz conta que ela e a mãe dela deixaram a casa delas, em Whasington, quando ela tinha apenas 15 anos de idade. Ela conta que sempre teve o sonho de ser atriz, e a mãe dela sempre teve fé nela, e no sonho dela, e as duas partiram para hollywood em busca do sonho de ser uma atriz reconhecida mundialmente, e fazer o que ela sempre sonhou. A mãe, na época, vivia um casamento infeliz, e escolheu apostar na carreira da filha e deixar o marido para trás, em busca de uma vida melhor.

Mesmo sem muitas condições, a mãe de Hilary decidiu fazer a mudança para Hollywood e investir no sonho e vocação da filha. A atriz contou que elas dormiam no carro delas, e ela não achava isso ruim e muito menos triste, pois ela estava prestes a realizar e viver o grande somnho da vida dela. Durante o dia, a mãe da atriz passava o tempo todo ligando para agentes tentando agendar algum teste para a jovem. Depois de muitas tentativas, e alguns nãos, a ela conseguiu o primeiro teste para atriz.

Hilary conta que elas tinham pouco mais de US$ 100 para as duas se manter, isso quando elas conseguiram a primeira audição. Ela conta que a responsabilidade era grande, e ela precisava passar para garantir um lugar para as duas viverem. A atriz fala que aprendeu muitas coisas com a mãe, principalmente em ser determinada e persistente. Depois de uma década da ida das duas para Hollywood, Hilary recebeu o seu primeiro Oscar, como Melhor Atriz, pelo filme Garotos não Choram. No discurso, a moça relembrou o passado, e falou que valeu a pena ter vivido no carro delas.