Publicado em: sábado, 08/10/2011

Henrique Meirelles assina filiação ao PSD e muda endereço domiciliar para São Paulo

O ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, preencheu nesta sexta-feira (07) a ficha de filiação ao PSD e mudou seu endereço de domicílio para a cidade de São Paulo, condição que lhe confere o direito de se candidatar à prefeitura da cidade nas eleições de 2012 ou a vereador. A assessoria do Tribunal Regional Eleitoral confirmou a alteração nos dados de Meirelles e teria deixado a 1ª Zona Eleitoral de São Paulo por volta das 15h30 de sexta-feira.

Até então, Meirelles era filiado ao PMDB, mesmo partido do vice-presidente da República, Michel Temer. Ao anunciar sua transferência, Meirelles agradeceu o seu ex-partido e afirmou que a chance de participar de um partido em crescimento foi um estímulo para mudar. O PSD foi criado recentemente pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que até então estava sem partido. Kassab foi eleito pelo DEM e agora vem recrutando integrantes para a nova legenda.

Depois da transferência de Meirelles, Kassab declarou que “Meirelles tem uma história pública densa, é um quadro preparado para ocupar qualquer cargo público. Nos oito anos em que ficou à frente do Banco Central, durante o governo Lula, ele marcou sua atuação pela capacidade de trabalho e pela competência, que é uma de suas maiores características”.

Meirelles foi presidente do Banco Central ao longo de toda gestão do governo Lula, que foi de 2003 a 2010. Em 2002 foi eleito deputado federal por Goiás e filiado ao PSDB, mas não chegou a assumir o mandato por ter sido convidado por Lula para participar da sua equipe.